Os benefícios da reeducação alimentar

Na luta contra balança o que é mais efetivo para emagrecer: seguir dietas restritas ou aderir a uma reeducação alimentar? 

Anteriormente, debatemos a respeito desse tema, e demos o veredicto final apontando a reeducação alimentar como o melhor método para emagrecer.

Mas além de obter um corpo mais leve, você saberia dizer todas as vantagens de reaprender a comer? Descubra abaixo sete benefícios que a reeducação alimentar pode promover em sua vida.

O grande diferencial entre e reeducar e restringir

A maioria das dietas ou fórmulas emagrecedoras são focadas em restringir certos tipos de alimentos, ou até mesmo pular refeições. “Mas isso funciona para quem quer emagrecer?” Sim. Afinal, o “segredo” para emagrecer é simples: basta ingerir menos calorias do que se gasta diariamente.

Essa restrição calórica força o corpo a gastar as reservas de energia (gorduras) para manter o metabolismo funcionando. Porém, mudar do dia para a noite de uma dieta repleta de alimentos gordurosos, para cardápios super restritos não é algo natural, por isso o corpo poderá entrar em um estado de sobrevivência.

Nesse estado, o organismo economiza todas as calorias ingeridas fazendo com que você ganhe peso. Muitas vezes, quem tenta esse tipo de dieta ou medicação acaba preso em dois caminhos: 1) frustrado por não ter obtido o resultado esperado descontando tudo na comida, ou 2) até chega a emagrecer alguns quilos, mas depois que a dieta termina volta a comer normalmente, além de se queixar por ter “engordado o dobro”.

A longo prazo, isso acaba provocando um ciclo de restrição e compulsão alimentar que levam ao efeito sanfona. Além disso, ao restringir o consumo de nutrientes essenciais você pode provocar deficiências que levam a severos danos à saúde. Quando uma dieta restritiva é aliada a atividades físicas em excesso, o cenário fica ainda pior, pois dependendo do nível de catabolismo você poderá causar lesões musculares irreversíveis.

Por outro lado, ao adotar uma reeducação alimentar de forma gradual e metódica, as chances do seu corpo se adaptar a dieta, e não buscar desesperadamente por formas de reganhar o peso “perdido” são mais altas.

Essa reeducação não deve envolver apenas um cardápio, mas sim uma mudança completa em todos os hábitos alimentares. Baseada em refeições menos calóricas, mais coloridas e equilibradas esse tipo de alimentação promove o déficit calórico necessário para emagrecer sem que você precise passar fome ou se desnutrir. Confira todos os benefícios de adotar a reeducação alimentar:

7 benefícios da reeducação alimentar

  • 1º Emagrecimento: Esse é o benefício mais visível pelos outros, afinal ao ajustar os alimentos que serão ingeridos, respeitando as calorias gastas pelo seu corpo e diversificando a dieta, em poucos meses será possível que os outros notem o seu emagrecimento;
  • 2º Dê adeus ao efeito sanfona: Outro benefício de perder peso de forma lenta você terá mais chance de manter essa perda de peso do que quem emagrece rapidamente;
  • 3º Previna doenças indesejadas: Quem adere a hábitos alimentares baseados no consumo de comidas naturais, como leguminosas, grãos e vegetais aumenta a longevidade pois reduz o risco de doenças cardiovasculares, crônicas (hipertensão, diabetes, obesidade, etc.), doenças renais crônicas, câncer e outros problemas ligados a alimentação inadequada aliada ao sedentarismo podem provocar;
  • 4º Melhore a sua aparência física: Ao corrigir a alimentação os seus cabelos, unhas e pele saudável ficarão mais saudáveis. Basta incluir na sua reeducação alimentos com quantidades adequadas de sais minerais como cálcio, além de vitaminas como A, C B7 e Ômega 3, os quais são essenciais para melhorar o aspecto dessas partes do corpo;
  • 5º Fortaleça o seu sistema imunológico: Ao corrigir a alimentação retirando alimentos inflamatórios, e adicionando vitamina C ao cardápio você poderá tornar o seu sistema imunológico mais forte, ficando menos suscetível a doenças;
  • 6º Amplie a sensação de saciedade: É mais comum do que se pensa confundir a sede com fome. Por isso quando consumimos muitos alimentos “secos”, como farináceos e frituras é normal sentir sede e nunca ficarmos saciados. A reeducação alimentar inclui frutas e vegetais ricos em água e fibras que ajudam a prolongar a sensação de saciedade por horas;
  • 7º Obtenha mais energia e disposição: Uma alimentação balanceada fornece toda a energia e disposição que você precisa. Alguns alimentos são ladrões de energia, por isso é normal se sentir cansado antes do treino, mas corrigindo a alimentação você vai acordar todos os dias bem disposto.

Não se esqueça: Ao longo do tempo reeducação impactará não só no peso, como também na saúde. Adotando esse novo estilo de vida é possível ficar mais saudável e muito mais bem disposto, mas é preciso ter paciência para que os resultados apareçam.

A reeducação é um processo de longa duração que fornece resultados idem. Para iniciar esse ou qualquer novo plano alimentar é preciso realizar também um acompanhamento com profissionais da saúde, como nutrólogo e endocrinologista, recomendamos também um acompanhamento psicológico durante todo o processo de aceitação do novo corpo.

 

Como acelerar os resultados da reeducação alimentar?

Se você já está realizando uma educação alimentar e está chateado por ainda não ver os resultados saiba que existem produtos específicos para tornar a sua trajetória de perda de peso muito mais tranquila. Descubra o que cada um dos suplementos alimentares disponíveis na loja virtual da Purus Labs podem fazer por você neste post.