5 dicas para manter o pique durante as férias

Quem treina sabe o alívio e bem-estar que as atividades físicas trazem, por isso, sem dúvidas é muito mais fácil manter o hábito de ir à academia com a rotina de trabalho, mas quando as férias chegam, saímos completamente da rotina e para a maioria das pessoas torna-se mais complicado continuar praticando regularmente exercícios.

O pensamento comum durante as férias é o de que o tempo livre combina com descanso, lazer e boa gastronomia, mas você não precisa comer como se o mundo fosse acabar. Faz-se necessário equilíbrio, se não souber como minimizar o ganho de peso em viagens, não se preocupe! Coletamos os conselhos das especialistas Ana Paula Scinocca, Michelle Achkar, além do nutricionista Júlio e elaboramos para você 5 dicas que vão te ajudar a manter o pique nas férias.

1. Dê valor a quem está ao seu lado na viagem

Toda viagem é feita de um roteiro repleto de paradas, horários, lugares e restaurantes para conhecer, mas poucas pessoas entendem que o que pode realmente fazer uma viagem inesquecível são as pessoas e histórias que vocês construirão juntos.

A dica de Michelle Achkar é prestar atenção e entender que: “Viajar com quem você gosta faz toda a diferença. Foque nisso, não em outras coisas. Aproveitando as pessoas, você vai ver que as paisagens, a tentadora gastronomia local e as atividades são só um complemento e não precisam ser encaradas como prioridade. Vocês podem até praticar atividades físicas juntos.

2. Faça atividade física diária fora de casa

Quando chegar a hora de fazer as malas, coloque uma roupa para malhar e tênis, dessa forma será muito mais fácil sentir-se otimista em relação a atividade física durante as viagens.

A dica de Ana Paula Scinocca é para que você: “Não abra mão dos exercícios nem mesmo durante as férias. Tente se programar para acordar cedo, dar uma corridinha, se exercitar. É preciso ter um esforço, nem que seja 10 minutos de caminhada na areia. Faz bem e é uma forma de contemplar o lugar que você está visitando.”

3. Antes dos restaurantes visite os mercados locais

A primeira coisa que todo mundo pensa quando organiza os planos de viagem é: provar tudo que a gastronomia local pode te oferecer.

E nós achamos isso super bacana. Mas aposto que você nunca pensou em quando chegar no destino, tentar conhecer primeiro o mercado local, não é mesmo? A dica de Júlio Aquino é preparar “uma lista com os alimentos que você consome em sua dieta.” Mas, caso não encontre os mesmos produtos, não tem problema! Baseie-se no total de calorias de cada dia, e procure manter o consumo diário variando a dieta, o que pode ser bem gostoso. O nutricionista também sugere uma lista com itens coringa, que podem ser achados em quase todos os mercados:

  • nozes;
  • barrinhas;
  • biscoitos;
  • integrais;
  • frutas;
  • E muita água!

Tê-los disponíveis em pequenas porções também te ajudará a economizar dinheiro com lanches. Júlio Aquino ainda destaca que: “Em viagens, manter o peso é o principal. Perder peso é lucro.”

4. Evite açúcar, álcool e carboidratos, não culpe o clima!

De acordo com Ana Paula Scinocca, a temperatura pode influenciar nas desculpas: “Se o clima é de inverno, comemos além da conta por conta do frio. Se as temperaturas estão altas, costumamos exagerar no consumo das bebidas alcóolicas e nos sorvetes. O fato é que não dá para se privar de tudo e nem para jacar o tempo todo.” A dica de Michelle Achkar é: “Optar por proteínas, saladas e demais alimentos que não os carboidratos porque, se depois de consumi-los você for dormir, seu corpo vai relaxar e o seu metabolismo fica bem mais lento. Prefira comer carboidratos ao longo do dia, quando eles poderão ser usados como fonte de energia, assim você acaba reduzindo as sobras destinadas à fabricação e acúmulo de gorduras.

5. A viagem não durará para sempre, mas a sua saúde sim, pense nisso!

Foco é muito importante, por isso procure fazer uma viagem saudável. Preservar a rotina de horários é uma dica importante para contornar as tentações e desafios que aparecerão durante a viagem. A dica da especialista Ana Paula Scinocca é para que você: “foque no resultado que quer pra sua vida, não em números na balança ou um peso para um evento específico. Isso vai garantir que suas decisões tenham um peso maior no seu objetivo.” Afinal, quando estamos determinados é muito mais fácil dispensar o que não precisamos.

Considerações finais

Lembre-se: ter uma rotina controlada é importante, mas não é preciso exagerar. Ficar obcecado o tempo todo com a dieta pode fazer com que você se torne uma companhia desagradável durante a viagem.

Se você ou seus amigos acabaram quebrando alguma dica, não seja tão rígido ou deixe que isso afete seu humor. Pequenos deslizes são toleráveis, mas não podem ser rotineiros. Se você sentir que abusou em um dia, ou no fim de semana procure manter a dieta controlada nos seguintes.

O problema não são os escorregões esporádicos, mas sim os abusos prolongados que podem alterar o metabolismo e comprometer a boa forma. Por isso, use o bom senso! Gostou das dicas?